5% OFF com o cupom SEGUROVIAGEMEUA5

Saiba a diferença entre seguro viagem e assistência viagem

17 de agosto de 2018 Redação

Você tem dúvidas a respeito da  diferença entre o seguro viagem e assistência viagem? Tem medo de  acabar se prejudicando ao contratar um serviço? Confira nosso post e esclareça todas as suas dúvidas para fazer uma viagem maravilhosa!

Pois, quando planejamos uma viagem para o exterior, tudo deve ser muito bem planejado. Afinal, estaremos em um país com culturas e regras diferentes. Nem tudo o que acontece aqui no Brasil, acontece lá fora.

Nesse caso, o ideal é deixar tudo pronto, desde lugares para se hospedar, para se alimentar, até mesmo onde recorrer em caso de imprevistos.

E quando o assunto são imprevistos durante uma trip, as dúvidas em relação ao seguro viagem e assistência viagem podem acabar agravando a situação. É sobre isso que iremos falar no post de hoje.

Faça sua simulação seu custo de seguro viagem »

 

Qual a diferença entre seguro viagem e assistência viagem?

Qual a diferença entre seguro viagem e assistência viagem?

Hoje em dia pode-se dizer que o seguro viagem e a assistência viagem são basicamente a mesma coisa, já que ambos são comercializados apenas como seguro viagem. O que muda nesse caso é como o paciente será atendido. Porém, você precisa entender as disparidades entre essas duas modalidades de atendimento no exterior para evitar aborrecimentos.

Seguro viagem ideal: como escolher o seu?

 

Antes e depois da resolução SUSEP

Dúvida sobre seguro viagem

Em março de 2016, entrou em vigor a Resolução 315/2014 da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) que alterou à forma como eram negociados os seguros. Isso ainda gera muitas dúvidas em pessoas que eram acostumadas apenas com o seguro viagem e assistência viagem.

O importante é ter em mente que a assistência viagem apenas mudou de nome e passou a ser uma das opções do seguro viagem. Ou seja, tudo continua da mesma forma, apenas os nomes mudaram, ok?

Cotação do melhor seguro viagem para Disney

 

Como funciona o seguro viagem?

Como funciona o seguro viagem?

O seguro viagem não tem como objetivo prestar assistência ao indivíduo em um momento de imprevisto no exterior, mas sim em reembolsá-lo quando voltar ao Brasil.

Se por um acaso, o indivíduo precisar de atendimento médico, o mesmo terá que custear todas as despesas e, posteriormente, pedir o ressarcimento à sua seguradora. Não será necessário contactar ninguém durante a viagem, apenas guardar os comprovantes de que precisou do atendimento.

  • Vantagem: o indivíduo tem o direito de escolher o local que quiser ser atendido, independente de sua localização ou coisa do tipo. Os valores devem ser reembolsados pela seguradora assim que ele voltar ao seu país e apresentar os documentos necessários.
  • Desvantagem: pelo fato de de não receber a assistência da seguradora, o indivíduo terá que custear todas as despesas com o atendimento médico que, dependendo da situação, podem gerar muitos gastos. Mesmo sendo reembolsado, ele terá que ter o dinheiro para pagar ao hospital ou coisa do tipo.

 

Guarde os documentos e recibos para seguro viagem

Como ser atendido em um hospital no exterior

Podemos dizer que o seguro viagem funciona como um plano de saúde temporário e também uma garantia de indenização  em situações de acidentes ou necessidade de atendimento médico.

Lembrando que esse só é válido quando assinado um contrato ou haja algum documento que comprove que ambas as partes fizeram um acordo. De qualquer forma tudo deve ser comprovado no papel.

É importante saber que esse seguro não oferece apenas apoio em casos de problemas de saúde, mas pode ser ampliado para dar suporte em casos como perda de bagagem, atraso de voo etc. Além disso, você deve levar em conta que cada operadora trabalha com um plano diferente. Então vale a pena analisar cada detalhe para que não acabar se prejudicando.

Vale lembrar que em algumas agências é oferecido os dois serviços ao mesmo tempo, já que dependerá da sua situação no momento da urgência: tanto o seguro com reembolso, como também a assistência viagem.

 

Para receber o reembolso do seguro viagem

Como receber o reembolso do seguro viagem

A maioria das pessoas que contrata um seguro viagem, espera nunca ter que usá-lo, mas infelizmente quando chega a hora ela precisa fazer valer o atendimento.

E como dito anteriormente, é importante ter em mente que o que vale é o que foi estipulado no contrato. Na maioria das apólices, é estipulado um valor para cada tipo de necessidade, então se você acabar gastando mais do que está estipulado, não terá o reembolso completo.

Então, antes de desembolsar algum valor com procedimentos médicos mais caros ou remédios,  entre em contato com a seguradora e confira se a mesma cobre o valor ou consulte o seu contrato.

Outra coisa que não deve se esquecer é guardar todos os comprovantes do atendimento, desde o relatório médico, aos recibos ao comprar um medicamento ou requisitar um serviço. Esses documentos originais devem ser apresentados à seguradora para que seja feita a análise e, posteriormente, o reembolso.

Antes de contratar o serviço, esclareça todas as suas dúvidas, desde os documentos necessários a serem apresentados até mesmo o prazo para a entrega dos mesmos. Lembrando que cada seguradora trabalha de uma forma, então é essencial estar sempre atento.

Seguro viagem com maior cobertura: saiba as vantagens

 

Como funciona a assistência viagem?

Como funciona a assistência viagem?

Mostrarei agora como funciona a assistência viagem, que depois da resolução da Susep, passou a ser uma modalidade de seguro viagem. Veja suas vantagens e desvantagens.

No caso do viajante precisar de atendimentos médicos durante a realização de sua viagem, a assistência viagem tem como objetivo lhe ajudar.

Nesse caso, o próprio viajante precisa entrar em contato com sua seguradora onde poderá se informar sobre quais locais têm parceria com o convênio contratado. Em seguida, basta se dirigir para o local indicado e pedir um atendimento sem custo algum.

É importante saber que, independente do problema que ocorrer durante a viagem, o indivíduo  tem o direito de receber esse atendimento.

  • Vantagem: podemos citar como vantagem da assistência viagem o fato de que não é preciso desembolsar nenhuma quantia com despesas médicas. A assistência deve cobrir todos os custos, o que caso contrário poderia trazer um desfalque ao orçamento da sua viagem.
  • Desvantagem: é o fato de que o indivíduo não pode escolher o local onde será atendido. Esse limita-se apenas aos pontos de atendimento que possuem parceria com sua seguradora. Dependendo do local onde o viajante estiver, ele pode terá que se deslocar para outra região.

Acionar a assistência viagem

Acionar a assistência viagem

Ao contratar a assistência viagem você deve ter conhecimento sobre tudo o que o  seu plano cobre e como deve acioná-lo. O número de telefone, o idioma em que deseja ser atendida. Tudo isso deve ser levado em consideração.

Se possível, anote o número em um caderno, celular ou qualquer lugar que garanta que você não irá acabar se esquecendo. Lembrando que a maioria das empresas oferece atendimento 24 horas por dia. Basta ligar e informar o que precisa.

Seguro viagem para Nova York: qual o plano ideal?

 

Conheça o seguro viagem familiar

Conheça o seguro viagem familiar

Para quem pretende contratar um seguro viagem, é importante saber que existe o seguro pessoal (para apenas uma pessoa) e o familiar (indivíduo, cônjuge e filhos).

Portanto, dependendo da operadora que você contratar, seu filho só será dependente até uma certa idade. Em algumas empresas, ao completar uma determinada idade, o indivíduo já não entra no plano familiar como um filho, ou seja, é preciso contratar um seguro viagem pessoal.

Com isso, lhe recomendo que antes de contratar qualquer plano, confira se seus familiares estarão inclusos.

Qual é o melhor seguro viagem para Miami?

 

Qual devo contratar assistência ou o reembolso?

Qual é o melhor: seguro viagem ou assistência viagem?

Mesmo sabendo a diferença entre o seguro viagem e a assistência viagem, a dúvida de qual deve contratar ainda continua? Isso é muito comum, já que a contratação de uma cobertura é extremamente importante.

O ideal é analisar dois pontos: a região para onde você pretende viajar e sua condições financeiras.

Você terá fácil acesso aos hospitais parceiros da seguradora? Pois não adianta nada ter todas as despesas custeadas na hora, mas o hospital indicado pela seguradora ficar longe de onde você está.

Por outro lado, suas condições financeiras lhe garantem um bom atendimento, no caso do reembolso? Tudo deve ser levado em conta!

Se a sua seguradora oferecer os dois serviços, o ideal seria contratar ambos: um seguro viagem que também atue na modalidade de assistência. Ou seja: ele indica o hospital e você não precisa pagar nada na hora. Mas, se você estiver distante e a operadora indicar um local para atendimento muito longe, você tem a autonomia de escolher um por si só e depois recebe o reembolso.

Lembre-se que o mais importante é a sua segurança e da sua família. Então, antes de tomar qualquer decisão tenha certeza que estará prezando por esse quesito. Afinal, é melhor prevenir do que remediar.

Não deixe de simular agora mesmo o preço do seguro viagem para os Estados Unidos! Basta inserir as datas da sua viagem no formulário e comparar.